Descobrindo o Amazonas

O El Dorado é aqui

Manaus

English

Manaus é a capital do Amazonas e porta de entrada do estado, uma vez que a grande maioria dos turistas chega através do seu aeroporto internacional. Apesar de estar localizada bem no meio da floresta e de estar geograficamente isolada do resto do país, Manaus é uma metrópole com cerca de 1,8 milhão de habitantes (quase metade da população do estado) e que, graças ao seu Pólo Industrial, detém o 7º maior PIB dentre todas as cidades brasileiras.

Apesar disso, Manaus não é uma cidade particularmente bonita. Na verdade, possui sérios problemas de infra-estrutura, frutos de um crescimento acelerado e sem planejamento e do descaso dos governantes e da própria população. Trânsito caótico, transporte público precário, fiação aérea em excesso, igarapés poluídos e (acredite se quiser) arborização urbana quase inexistente, além de um calor muitas vezes insuportável, são algumas das características comuns àquela que se auto-intitula Capital da Amazônia.

“Meu Deus, mas então por que eu deveria visitar Manaus?” Porque, nos últimos anos, a cidade parece ter despertado para a gravidade dos seus problemas e, desde então, iniciou um impressionante processo de revitalização. Várias praças foram restauradas e parques construídos onde antes existiam favelas. Novos e modernos shopping centers, restaurantes e bares estão surgindo, dotando a cidade de variadas opções de lazer, entretenimento ou pura e simples contemplação.

Vale destacar que grande parte dos problemas citados ainda persiste e que o aspecto geral da cidade continua sendo de descuido. Porém, como foi dito, hoje em dia já se consolidam várias “ilhas de qualidade de vida”, todas abertas ao público e que há dez anos sequer existiam. Além disso, a natureza amazônica ao redor da cidade continua bela e intocada, o que garante diversos passeios imperdíveis.  

Resumindo...

Não deixe de ver/fazer:

- Seja pela falta de manutenção e abandono ou pela existência de atrativos similares em outras partes da cidade, alguns pontos turísticos de Manaus, na minha opinião, não merecem ser visitados. São eles: Parque do Mindú, Jardim Botânico Adolpho Ducke, Parque dos Bilhares e Porto de Manaus. Em breve, irei escrever sobre cada um deles.

- Visite o centro histórico à noite e aproveite o dia para fazer os passeios ecológicos.

- O transporte público em Manaus é caótico e os táxis são muito caros. Assim, vale a pena considerar o aluguel de um carro, pois os vários pontos turísticos da cidade não ficam próximos um do outro. Um carro próprio também possibilita aproveitar o interior do estado.

- O verão na Amazônia começa em agosto e vai até dezembro, sendo os meses de setembro e outubro os mais quentes do ano, quando as temperaturas facilmente ultrapassam os 40 graus. O inverno, que vai de janeiro a maio, tem os meses de fevereiro e março como os mais chuvosos. A temperatura, embora um pouco mais amena, ainda fica por volta dos 30 graus.

- Pessoalmente, eu creio que a melhor época para visitar Manaus (e o Amazonas de forma geral) é entre setembro e novembro. Apesar das altas temperaturas, nessa época quase todos os dias são ensolarados, o que permite fazer os mais diversos passeios ecológicos. Além disso, este é o início da vazante dos rios, quando várias praias aparecem em todo o estado. Se, no entanto, você prefere ver os rios cheios, junho e julho são os melhores meses, quando o sol também começa a aparecer constantemente.

- Aqui você pode encontrar um mapa construído por mim que mostra a localização dos principais pontos turísticos, hotéis, pousadas, bares e restaurantes de Manaus e do seu entorno.

 

Comentários